5 de junho de 2014

Tratamento de resíduos e eficiência energética - Fórum Tecnologia e Horticultura

2ª feira, 30 de Junho
Primeiro dia de Jornadas Técnicas - Fórum Tecnologia e Horticultura

Sessão de Abertura – 17h 
Presidente da Associação Interprofissional de Horticultura do Oeste, António Gomes
Presidente da Câmara Municipal de Torres Vedras, Carlos Miguel
Presidente do Instituto Superior de Agronomia, Amarilis de Varennes
Secretário de Estado da Alimentação e da Investigação Agroalimentar, Nuno Vieira e Brito

Assinatura de memorando entre ISA-UL e AIHO para o programa de investigação de translação


Tratamento de resíduos e eficiência energética – 18h 

Sistema de recolha e reciclagem de plásticos
Recimicro;
Câmara Municipal de Torres Vedras

Equipamentos para tratamento e desinfecção de água de rega 
Luis Ruivo (Waterplus)

Cofee break

Eficiência energética na produção em estufa 
Fátima Baptista (Universidade de Évora / ICAAM)

Heliosec – Sistema de tratamento de efluentes fitossanitários por desidratação natural 
Syngenta

Moderação:
Sofia Rodrigues (Associação de Horticultores de Torres Vedras) 



Sinopse 
A agricultura é uma actividade económica que, como outras, assume responsabilidades ambientais de elevada importância porque lida directamente com recursos naturais. Este painel traz a discussão a necessidade de encontrar soluções para os resíduos produzidos pela horticultura assim como a urgência de quantificar e melhorar a eficiência energética dos sistemas de produção actuais. Inicia com a apresentação de um sistema de recolha e reciclagem de plásticos que está em fase de implementação através de uma parceria entre a Câmara Municipal de Torres Vedras, a Associação de Horticultores e a empresa Recimicro. Os agricultores aderentes terão vários benefícios nesta parceria. A Waterplus apresentará diversas soluções para desinfecção e tratamento de águas de rega que assumem elevada importância para a preservação das linhas de água da região mas também para a sustentabilidade socioeconómica das explorações agrícolas, em especial para as que se dedicam ao cultivo em substrato. Da Universidade de Évora, através da professora Fátima Batista chega-nos a apresentação de resultados de um estudo sobre eficiência energética em sistemas de produção em estufa e que terá continuidade na Região Oeste, contribuindo desta forma para a optimização futura dos consumos energéticos. No final, a empresa Syngenta apresentará um projecto de tratamento de efluentes fitossanitários, sobras de caldas e águas de lavagem dos equipamentos de aplicação, uma inovação de elevada importância para a sustentabilidade ambiental dos sistemas de produção agrícolas em geral.

Programa completo das Jornadas Técnicas (ver aqui)